Facebook Twitter Imprimir

PRESS-RELEASE


18/06 - Professor de Educação Física Sidirley é eternizado patrono


O professor Sidirley de Jesus Barreto (in memoriam) do Departamento de Educação Física da FURB foi eternizado patrono imortal na Academia Brasileira de Educação Física (ABEF) da Federação Internacional de Educação Física (FIEP). A condecoração foi anunciada por meio da última edição da Revista Educação Física, do Conselho Federal de Educação Física (Confef),

A academia, criada oficialmente em janeiro desde ano com o objetivo de imortalizar os profissionais que são referência na profissão por suas obras, lutas e legados, conta com 35 cadeiras, cujos patronos – profissionais de Educação Física – tiveram relacionadas suas imagens à entidade, além de terem sido delegados da FIEP, já falecidos, marcando a Educação Física brasileira pela trajetória profissional.

Sidirley de Jesus Barreto morreu no dia 27 de agosto de 2016, aos 59 anos vítima de ataque cardíaco. Tinha dois mestrados, era docente titular da FURB, onde atuava desde 1993. Ele coordenava o curso de Educação Física desde 2012 e os programas de Ginástica Laboral e FURB Esporte. Destacou-se em pesquisas sobre Psicomotricidade, atuando principalmente em Motricidade Humana durante o ciclo vital, Interdisciplinaridade, Recreação, Educação Inclusiva, Epistemologia da Educação Física, Ergomotricidade/Ginástica Laboral, Saúde Coletiva.
 
Ele graduou-se em Educação Física (Centro de Instrução Especializada da Aeronáutica-CIEA/Univ. da Força Aérea-UNIFA/1981), especializou-se em Problemas do Desempenho Escolar (IBMR/1988), com Mestrado em Educação: Ensino Superior (FURB/1997) e Mestrado em Educação (FURB/2009). Cursou, também quatro semestres de Pedagogia (UNISSUAM/1976-1979). 
 
O professor e pesquisador publicou artigos na Itália, Espanha, Colômbia, Argentina e Índia. Na FURB lecionou nos cursos de Turismo e Lazer, Fisioterapia, Ciências da Religião, Línguas (Alemão) e Educação Especial, além de Educação Física e também Pedagogia. Já ministrou mais de 600 cursos no país, desde 1984 (RJ, SP, MG, PR, SC, RS), além da Venezuela.  Foi membro do Conselho Universitário e do Conselho de Ensino, Pesquisa e Extensão.
 
Publicação: Central Multimídia de Conteúdo/Jornalismo | Texto: | Foto(s): CMC



Painel