Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


13/03/2013 - Professor e alunos da Medicina conhecem tecnologias de ponta em evento na NASA


Em seis dias de atividades no Parque de Pesquisas NASA Ames, no Vale do Silício (EUA), o cirurgião plástico e professor da FURB Leonardo Aguiar conheceu tecnologias que, para a maioria das pessoas, soa muito mais plausível como ficção do que em futuro real e próximo: robôs com expressões humanas e inteligência artificial, órgãos e tecidos reproduzidos em impressoras 3D, uma longevidade impressionante e com qualidade de vida ao alcance de todos ou mesmo mapas genéticos desenhados por apenas 100 dólares. Mas a principal lição permanece igual: “nada substitui o contato humano”, afirma o médico, um dos 80 selecionados no mundo inteiro para participar, no início de fevereiro, da edição 2013 do FutureMed, evento que busca debater o futuro da medicina em um mundo cada vez mais tecnológico.

 
Em seis dias e 144 horas de atividades, os participantes foram expostos ao que há de mais avançado em pesquisas científicas na área da saúde. “Saímos de lá inspirados, com a cabeça cheia de ideias e possibilidades”, comenta o professor da FURB.
 
Liga de Cirurgia Plástica
Aguiar aproveitou para apresentar no FutureMed o seu projeto “Cocriação do Conceito de Saúde” (na foto, ao centro), em que coloca o paciente como principal agente da própria saúde e busca também uma maior empatia do profissional pelos problemas deste paciente. São conceitos desenvolvidos em seu consultório, e aplicados em seu trabalho como coordenador da Liga Interdisciplinar de Cirurgia Plástica da FURB. Formada por 90 acadêmicos, a Liga oferece desde cursos de sutura a palestras e workshops, além de desenvolver trabalhos científicos e sociais.
 
Uma mudança de metodologia, baseada na concepção de “design thinking” (em inglês, “forma de pensar”), resultou em eventos inovadores como o realizado no ano passado, junto à Associação dos Cegos do Vale do Itajaí (Acevali): durante um dia inteiro, calouros do curso de Medicina da FURB fizeram diversas atividades com os olhos vendados. “A melhor forma de ensinar é mostrar como os pacientes se sentem”, justifica Aguiar.
 
Presença acadêmica
Seis alunos da Medicina - Glauce Yumi Nozaki, Paula Landi, Eduardo Gonçalves, Felipe Gomes, Thomas Marcolini e Maryane Safraider – também tiveram uma rápida passagem pelo FutureMed, além de se apresentar junto ao professor em um congresso de cirurgiões plásticos em Park City, no estado de Utah.
 
Eles conheceram cientistas como Daniel Barry (astronauta da NASA) e Jack Andraka, jovem que aos 15 anos desenvolveu um método para detectar, muito precocemente, cânceres de ovário, pâncreas e pulmão, aumentando as possibilidades de cura.
Publicação: 13/03/2013 - Coordenadoria de Comunicação e Marketing | Texto: Leo Laps | Foto(s): Divulgação

Março/2013 (alterar)

31/03/2013 28/03/2013 27/03/2013 26/03/2013 25/03/2013 22/03/2013 21/03/2013 20/03/2013 19/03/2013 18/03/2013 15/03/2013 14/03/2013 13/03/2013 12/03/2013 11/03/2013 08/03/2013 07/03/2013 06/03/2013 05/03/2013 04/03/2013 01/03/2013


Painel