Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


21/03/2013 - Professor representa FURB em Conselho de Economia da FIESC


O coordenador do Departamento de Ciências Econômicas, professor Jamis Antonio Piazza, é o representante da Universidade Regional de Blumenau (FURB) no Conselho de Economia da Federação das Indústrias de Santa Catarina (Fiesc). O órgão colegiado, criado para estudar questões econômicas do Estado e do Brasil e contribuir com as ações da diretoria da entidade, conta com pesquisadores de mais sete instituições de ensino superior catarinenses, além de representantes de empresas públicas e privadas.

 
“O conselho é formado por entidades diferentes, com visões diferentes, mas objetivos iguais: encontrar soluções para melhorar a competitividade de Santa Catarina, e do país, diante de uma economia estagnada, que não conta com investimentos suficientes para crescer”, resume Piazza. Segundo o economista Roberto Macedo, que palestrou para o grupo na reunião inaugural realizada quarta-feira (20/3) em Florianópolis (foto), o motivo para o PIB brasileiro ter crescido 0,9% em 2012 é a baixa taxa de investimento do país. "Crescemos pouco quando o país investe pouco. O Brasil investe apenas 18% do PIB. É investimento de país rico, que tem tudo construído, e o Brasil é um país por construir", afirmou Macedo, que em 2012 foi premiado como Economista do Ano pela Ordem dos Economistas do Brasil.
 
Finanças pessoais
O cenário econômico brasileiro, nos últimos meses, revela um crescimento constante do consumo e uma queda dos investimentos e depósitos em cadernetas de poupança. “A política econômica do governo investiu no consumo, e com a possibilidade de compras parceladas, com cartão de crédito, isso vem gerando um círculo vicioso cada vez mais comum: as pessoas gastam tudo que ganham, e as famílias não tem dinheiro para investir em saúde, educação, casa própria, e na poupança, que pode gerar dinheiro para esses investimentos futuros”, afirma Piazza.
 
Por isso, professores do Departamento de Ciências Econômicas da FURB querem iniciar um projeto de extensão, ainda este ano, voltado para a orientação financeira familiar, trabalhando com palestras em parceria com empresas e entidades. “É um projeto que pode ser replicado pelo estado, a partir da minha participação no Conselho de Economia da FIESC”, aponta Piazza. Outra ideia do professor e conselheiro diz respeito à deficiência de mão-de-obra qualificada no país: “A FURB forma esses profissionais, e precisamos oferecer as soluções que as empresas precisam”, afirma o professor.
Publicação: 21/03/2013 - Coordenadoria de Comunicação e Marketing | Texto: Dâmi Radin/FIESC | Foto(s): Leo Laps

Março/2013 (alterar)

31/03/2013 28/03/2013 27/03/2013 26/03/2013 25/03/2013 22/03/2013 21/03/2013 20/03/2013 19/03/2013 18/03/2013 15/03/2013 14/03/2013 13/03/2013 12/03/2013 11/03/2013 08/03/2013 07/03/2013 06/03/2013 05/03/2013 04/03/2013 01/03/2013


Painel