Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


09/12/2014 - Editora da FURB lança livro sobre a história do skate


Altos e baixos, proibições, persistência dos adeptos diante das dificuldades e a consolidação como uma das atividades físicas mais praticadas no Brasil. Estes são apenas alguns dos destaques do livro “Para Além do Esporte: Uma História do Skate no Brasil”, de autoria do professor doutor do curso de História e do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional (PPGDR) da FURB, Leonardo Brandão. O livro foi publicado esta semana pela Editora da Instituição (Edifurb), e rememora as origens dos prazeres e emoções sobre quatro rodinhas dentro do país.
 
Adaptação da tese de doutorado de Brandão defendida na PUC São Paulo em 2012, o livro remete a vinda dessa atividade para o Brasil, nos meados da década de 1960, quando ainda era conhecido como “surfinho” ou “surf de asfalto”. Além da história, o livro explora outras visões sobre o skate no país. “Fundamentalmente, procura-se demonstrar que o skate, apesar de ser apontado por algumas pesquisas como um dos esportes mais praticados no Brasil, é uma prática corporal que se constituiu em profunda relação com movimentos culturais da juventude”, afirma o professor.
 
Coordenador do Laboratório de Estudos Interdisciplinares em Lazer e Território (ILINX), do Departamento de História e Geografia da Instituição, Brandão já havia tratado da história do skate em outras publicações. Em agosto, por exemplo, o relato sobre a construção das primeiras pistas de skate no país durante a década de 1970 (segundo capítulo do livro) foi matéria de capa na revista E-Metropolis, periódico de publicação trimestral que reúne estudos relacionados à sociedade e à cultura nos centros urbanos.
 
Histórias e reflexões
 
Outros destaques do livro contam das idas e vindas do skate no país, como a organização dos grandes campeonatos e também os conflitos gerados por sua prática nas ruas. Um exemplo nesse sentido foi a proibição na cidade de São Paulo, durante a gestão de Jânio Quadros (1986-1989), sendo legalizada novamente na gestão seguinte pela prefeita Luiza Erundina (1989-1993).
 
Para Brandão, o livro não se propõe apenas a narrar a história do skate, mas também é voltado a quem procura entender a expressão cultural dos jovens, além de propor reflexões sobre a prática desta atividade como uma alternativa de lazer nas grandes cidades. “O livro interessa a todos que estudam movimentos culturais da juventude, práticas corporais e esportes alternativos. Sociólogos, antropólogos, estudantes e professores de Educação Física ou historiadores do chamado ‘Tempo Presente’. Além disso, ele também pode interessar aqueles que pensam a cidade e os modos de apropriação do espaço urbano”, afirma.
 
Edifurb
Este é o 16º lançamento da Editora da FURB em 2014. Segundo o professor de literatura e editor-executivo da Edifurb, Maicon Tenfen, o livro de Leonardo Brandão volta-se também a um segmento da Educação Física onde ainda são inéditos trabalhos acadêmicos deste porte. “A publicação vem preencher uma lacuna numa área ainda pouco explorada por materiais acadêmicos, a dos esportes radicais", disse.
 
Lançamento
O lançamento oficial de “Para Além do Esporte: Uma História do Skate no Brasil” será feito no início de 2015, durante a Semana Acadêmica do curso de História da FURB. Mais informações no site da Edifurb ou na livraria da Editora, na sala I-105, no Campus 1 da Instituição.
Press-release: 09/12/2014 11h57 | Publicação: 09/12/2014 - 13h45 - Gabinete da Reitoria/Jornalismo | Texto: Giovana Pietrzacka - André Luiz Bonomini/Estagiário | Foto(s): André Luiz Bonomini (Estagiário)/Leonardo Brandão/Divulgação

Dezembro/2014 (alterar)

19/12/2014 18/12/2014 17/12/2014 16/12/2014 15/12/2014 12/12/2014 11/12/2014 10/12/2014 09/12/2014 08/12/2014 05/12/2014 04/12/2014 03/12/2014 02/12/2014 01/12/2014


Painel