Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


07/12 - Trabalho aborda práticas de docentes com tecnologia digital


A mestranda Marilene Assis Mendes, do Programa de Pós-Graduação em Educação, defende sua dissertação no dia 11 de dezembro, a partir das 9 horas, na sala I-305.
 
“Letramentos acadêmicos na educação profissional e tecnológica: práticas de docentes com tecnologias digitais” é o título do trabalho.
 
Compõem a Banca Examinadora: Presidente: Prof(ª)Ddr(ª) Adriana Fischer/(FURB); Prof(ª)  Dr(ª) Fabiana Cristina Komesu (Unifesp); Prof(ª) Dr(ª) Daniela Tomio/(FURB); Suplente: Prof(ª) Dr(ª) Marcia Regina Selpa Heinzle (FURB).  
 
RESUMO DA DISSERTAÇÃO
 
As práticas de leitura e escrita têm sido cada vez mais perpassadas pelas tecnologias digitais (TD). Essas mudanças atingem contextos educativos, como a universidade, e nesse processo a formação dos professores para interagir com as tecnologias digitais nem sempre é priorizada.
 
Com base nessa contextualização inicial, o objetivo geral dessa pesquisa é compreender como professores desenvolvem práticas de letramentos acadêmicos mediadas pelas TD em um curso de graduação na educação profissional tecnológica.
 
Para responder a esse objetivo, a filiação teórica se ancora nos estudos dos letramentos, mais especificamente na vertente dos letramentos acadêmicos. Ainda, a concepção de linguagem é a dialógica (Círculo de Bakhtin). No que toca à formação e atuação do professor, utiliza-se o conceito de desenvolvimento profissional docente.
 
Trata-se de uma pesquisa de abordagem qualitativa, com um enfoque etnográfico, cujos instrumentos de geração de dados utilizados foram: entrevistas narrativa e semiestruturada em grupo; observação participante de aulas; recolhimento de materiais produzidos pelos sujeitos; e anotações em diário de campo. Os sujeitos são cinco professoras, e respectivos alunos, de um curso superior de tecnologia de um campus do Instituto Federal do Ceará, localizado no interior do estado. Os dados foram analisados, prioritariamente, sob a perspectiva dos estudos dos letramentos acadêmicos e constituíram duas grandes dimensões de análises: modos de interação das docentes com as TD e práticas de letramentos acadêmicos mediadas pelas TD desenvolvidas pelas professoras.
 
A primeira dimensão, organizada a partir dos contextos pessoal e profissional, apontou para uma relação cada vez mais plasmada de usos das TD nesses contextos. Nesse sentido, revelou que as docentes vivenciaram o início do processo de inserção das TD na sociedade, cuja principal motivação para o desenvolvimento de práticas com essas tecnologias foram os contextos acadêmico e profissional, nos quais atuavam. Além disso, ficou marcado que as professoras interagem mais intensamente com as TD em atividades individuais - como a preparação de aulas - e em torno das aulas - como a comunicação com os alunos -, do que no desenvolvimento das aulas em si.
 
A segunda dimensão de análise mostrou a predominância do modelo de socialização acadêmica nas práticas de letramentos acadêmicos relacionadas à elaboração do relatório de aulas práticas, à apresentação de conteúdos pelos professores, e à futura atuação profissional dos alunos. Ratificou-se o uso das TD como ferramenta em práticas pedagógicas existentes, embora tenham sido identificados movimentos na direção do modelo dos letramentos acadêmicos - como diálogos que objetivaram desvelar “dimensões escondidas” na produção do relatório de aulas práticas - e de transformações dessas práticas com as TD - como a produção de materiais pelos alunos. o modelo dos letramentos acadêmicos articula-se com as TD no que diz respeito à ressignificação das práticas de letramentos, incluindo a pedagógica no contexto investigado, uma vez que ambos possibilitam novas relações de poder entre os sujeitos e com o conhecimento.
 
Com base nesses resultados, espera-se contribuir para a discussão sobre o modo pelo qual docentes da educação superior interagem com as TD em práticas de letramentos acadêmicos.
Press-release: 30/11/2017 12h43 | Publicação: 07/12/2017 - 00h01 - Gabinete da Reitoria/Jornalismo | Texto: Michel Ivon Imme Sabbagh | Foto(s): Divulgação


Painel