Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


06/08 - FURBOT avança e chega à rede de ensino estadual


Apresentar noções básicas de computação e robótica para diretores de 11 escolas da rede estadual de educação de Blumenau foi o objetivo da formação realizada pelo FURBOT, projeto de extensão da FURB que há mais de 10 anos promove o ensino de lógica de programação, com jogos e brincadeiras, ou, na linguagem computacional, utilizando a programação desplugada. Jogos de tabuleiro, cartas e tapete vivo estiveram entre as atividades realizadas com os diretores, que também foram apresentados aos conceitos básicos de tecnologia, programação e suas possibilidades.
 
A formação foi realizada no Espaço de Formação e Experimentação em Tecnologias (Efex), mantido pela FURB em parceria com o Governo do Estado de SC, com a intenção de atender a uma demanda de ensino aprendizagem na área da tecnologia, apresentada pelo Estado, que vai destinar às escolas um novo arsenal tecnológico, com notebooks, tablets, lousas digitais, kits de robótica e impressoras 3D. O objetivo é atender o que pedem as novas diretrizes da Base Nacional Comum Curricular (BNCC) que “tem a tecnologia como uma de suas propostas para o desenvolvimento de forma ampla nas escolas de todas as redes”, observa Lanimar Batista, diretora da Escola Estadual Básica Santos Dumont, uma das participantes.
 
Para o coordenador do FURBOT, professor Mauro Mattos, esta formação marca também uma nova etapa do projeto, que agora passa a acontecer nestas escolas estaduais. Segundo ele, a programação desplugada, utilizada na formação com os diretores, serve para mostrar que “o pensamento computacional pode ser levado para a tecnologia da computação, mas não necessariamente”. Com as atividades, os diretores puderam exercitar a percepção de estratégias para resolver problemas, a abstração e a decomposição de problemas em partes menores, o reconhecimento de padrões e a identificação de soluções. Para a diretora Lanimar Batista “é importante que tenhamos essa compreensão, para que os alunos possam desenvolver a aprendizagem a partir das novas tecnologias”. Os novos recursos devem chegar às escolas ainda em agosto.   
 
Publicação: 06/08/2019 - 14h50 - Central Multimídia de Conteúdo/Jornalismo | Foto(s): CMC/FURB TV


Painel