Facebook Twitter Imprimir

 

Título conferido: assistente social
Duração: 8 fases (4 anos)
Turno: noturno (vestibular de verão)
 

SERVIÇO SOCIAL

 

O curso de Serviço Social da FURB oferece conhecimentos para interpretar a realidade social e formular propostas de políticas sociais de enfrentamento às questões sociais voltadas à construção de uma sociedade mais justa, garantindo o exercício dos direitos sociais a todos.

 
O Serviço Social trabalha com e para a população, pois atua nas políticas públicas, viabilizando os direitos sociais nas mais diversas áreas.

 

 

 

Diferenciais

 
  • O curso prepara o graduando técnica, científica e eticamente para atuar nas expressões das grandes desigualdades sociais, desenvolvendo políticas para ampliar o processo de “inclusão social” a partir dos setores público e privado, e das organizações não-governamentais.
  • O corpo docente é composto por mestres e doutores.
  • O curso apresenta uma sólida base teórica e um estágio curricular de três semestres, permitindo ampla capacitação para o exercício da profissão.
  • Ao terminar a graduação, o aluno tem a possibilidade de continuar fazendo um Curso de Especialização em Políticas Públicas.
  • A partir da quarta fase, o acadêmico inicia o estágio, com 4 encontros semanais. Ou seja, em um dia da semana o acadêmico não tem aulas.
  • O custo da mensalidade é um dos mais baixos da FURB e em todo o Estado de Santa Catarina.
  • Possibilidade de envolvimento do aluno em atividades de pesquisa e extensão com bolsa que pode atingir, aproximadamente, 80% do valor da mensalidade do curso.
 

Campo profissional

 
  • Estado: sobretudo as prefeituras, para atuar em políticas públicas.
  • Na política de saúde: CAPS, PSF, Ambulatórios Gerais, Hospitais, etc.
  • Na política de entidades: em programas de combate e prevenção à violência intrafamiliar, em abrigos de crianças, adolescentes, idosos e moradores de rua, em projetos de inclusão social para portadores de deficiência, famílias em situação de vulnerabilidade, idosos, desempregados, entre outros.
  • Na política de educação: em programas de prevenção à violência e situações de risco, assessoria às APPs e grêmios estudantis.
  • Na previdência social, na habitação, no Poder Judiciário e Ministério Público, presídios, empresas privadas, organizações não-governamentais e nas universidades, como professor e pesquisador.


Painel