Facebook Twitter Imprimir

 

Título conferido: tecnólogo em
comércio exterior
Duração: 6 fases (3 anos)

Turno: noturno
(vestibular de verão e inverno)

 

» furb.br/comercioexterior

 

TECNOLOGIA EM COMÉRCIO EXTERIOR

 
O curso superior de Tecnologia em Comércio Exterior proporciona o conhecimento dos diversos aspectos do comércio internacional. Capacita para o planejamento, definição e implementação de estratégias comerciais, de logística e de emprego de normas e legislação para a conquista e ampliação de mercados, montando estratégias que levem as organizações a responder às necessidades do setor internacional.

O profissional também irá aplicar pesquisas, estudar o mercado e seu ambiente para identificar oportunidades e inovar em produtos ou serviços, definindo estratégias de promoção.

O Tecnólogo em Comércio Exterior irá, ainda, atuar na comercialização de bens, produtos e serviços, ajustando as características comerciais internacionais por meio do contato direto com clientes e fornecedores.

 

 

Diferenciais

 
  • Inserção das tecnologias da informação e comunicação: em todas as disciplinas os professores farão uso das mais atualizadas ferramentas disponíveis para informação, como o Ambiente Virtual de Aprendizagem (AVA), modalidades de Vídeo Conferência e Internet.
  • Inserção de idioma estrangeiro: como proposta de inovação e reforço à internacionalização, poderão ser ofertas disciplinas parcial ou totalmente no idioma inglês.
  • Possibilidade de intercâmbio internacional de estudos.

 

Campo profissional

 
  • Quando formado, poderá exercer os seguintes postos, ocupações ou funções no mercado de trabalho:
 

 

  

  • Gerenciar e assessorar as diversas áreas do Comércio Exterior, assumindo cargos de supervisão, gerência, assessoria e consultoria em instituições públicas e privadas Empreender negócio próprio (consultoria de Comércio Exterior).
  • Atuar em organizações públicas, como órgãos governamentais - Receita Federal, Banco do Brasil, Caixa Econômica Federal, Embaixadas, dentre outras.
  • Como orientador no emprego de normas mercantis, cambiais, alfandegárias e fiscais de cada país.
  • Com conhecimentos de direito internacional, pode exercer a função de despachante aduaneiro, atuando no controle de importação ou exportação de bens ou mercadorias.
  • Como pesquisador do mercado internacional.

 


Painel