Facebook Twitter Imprimir

EVENTOS


03/08 a 27/08 - Exposição “Biblioteca Errante”, por Márcia Cardeal

Salão Angelim recebe exposição “Biblioteca Errante” da artista catarinense Márcia Cardeal, terceira selecionada para as exposições temporárias da FURB em 2021
 
“Biblioteca Errante” é um projeto que iniciou em 2010 e segue em movimento. Passou por sua primeira edição em Brusque, a convite do SESC (2013), com curadoria de Fernando Boppré. Sua segunda edição ocorreu em outubro de 2016, na Casa Dide Brandão, em Itajaí. Lages e Joaçaba receberam a Biblioteca, pelo edital do SESC/Galerias 2017. Trata-se de um ‘acervo’ em permanente transformação, como em uma biblioteca itinerante, com algumas obras novas e outras não mais fazendo parte do mesmo. Pretende-se ‘errante’ no sentido de ambulante, que se move, como também ao poder ‘errar’ quando brinca com o significado ou conteúdo dos livros. A mostra é composta de cerca de vinte trabalhos em formatos que se aproximam do livro. Além do papel, materiais como pedra, cordão, vidro, chaves, madeira e arame também são utilizados.  
 
Nas palavras do curador e crítico de arte, Fernando Boppré Márcia Cardeal opera a partir das contradições desse sistema de saber engendrado pelos livros. Ora, esses objetos que, muitas vezes, assumem a posição de verdadeiros objetos de culto – os bibliófilos que o digam – tornam-se o suporte onde a artista desata seu precioso universo próprio, repleto de delicadezas. É aqui, propriamente, que reside o caráter singular de Márcia Cardeal: transformar os livros implica em um deslocamento do sentido e da forma dos mesmos, fazendo surgir algo que não é nem exclusivamente do domínio das artes visuais, nem da biblioteconomia. É esse procedimento que permite o aparecimento, em meio aos livros, de um desentupidor de sombras, um manual de sobrevivência, o escorrer de letras, um quase novelo a percorrer páginas e figuras que se projetam no espaço superando à bidimensionalidade livrescaPor sinal, um detalhe importante é que os livros que ela se utiliza para esta exposição são oriundos do descarte realizado, gentilmente, pela Biblioteca Municipal de Brusque. O que era destinado ao saber (não por acaso, um dos títulos dos livros desta exposição se chama “Biblioteca do Saber”) torna-se matéria do sentir e do errarÉ a primeira vez que a artista brusquense expõe no Salão AngelimHoje a Biblioteca Errante já está acrescida de novos exemplares e outros ficaram pelo caminho, habitando outras bibliotecas afetivas.  

Márcia Cardeal é mestre em Artes Visuais pela UDESC, ilustradora, pesquisadora de livro de artista e ilustração tátil para crianças cegas. Atualmente professora nos cursos de graduação em Arquitetura, Design Gráfico, Moda e Licenciatura em Artes Visuais da UNIFEBE.  
 
A visitação à exposição deve seguir os tramites sanitários de biossegurança, como uso obrigatório de máscaras de proteção, higienização das mãos, distanciamento social e número controlado de pessoas no espaço expositivo. Devido ao contexto da pandemia de covid-19 e atendendo às orientações dos protocolos oficiais de segurança, visitas em grupos estão temporariamente suspensas.  Em 2021, a Universidade recebeu 70 (setenta) propostas de exposições, número maior que o ano anterior (29). As propostas foram selecionadas de acordo com a pertinência conceitual e relevância artística. Ao todo são indicados nove projetos expositivos, sendo seis indicados para exposição e três suplentes. 
 
 
Exposição "Biblioteca Errante”, de Márcia Cardeal 
Período da exposição de 03/08 - 27/08 /2021 
Local: Salão Angelim, Biblioteca Universitária, Câmpus 1 
Aberto a toda comunidade. Visitação gratuita. 
 

Data: 03/08 a 27/08
Horário: Seg a Sex - 07h às 22h
Local: Câmpus 1 - Salão Angelim - Mapa
Informações: cultura@furb.br
Publicação: Cultura


Painel