Facebook Twitter Imprimir

 

» furb.br/fies

FIES

 
Fundo de Financiamento ao Estudante do Ensino Superior - Fies é um programa do MEC - Ministério da Educação destinado a financiar as mensalidades de estudantes que não tenham condições de arcar integralmente com os custos de sua formação superior. 
 
Os contratos do Fies efetuados até 2017/2 foram operacionalizados pelo Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação - FNDE, órgão vinculado ao Ministério da Educação - mec.gov.br.
 
A partir de 2018 o FIES sofreu grandes modificações. Os contratos efetuados de agora em diante serão operacionalizados pela Caixa Econômica Federal e a parte não financiada, que deverá ser paga com recursos próprios do acadêmico, essa também deverá ser paga diretamente para a Caixa Econômica Federal.

 

 

 

Inscrição Fies 2018/2

 
O prazo para inscrição do novo Fies em 2018/2 será de 16 a 22 de julho, de acordo com o Edital Nº 53. de 6 de julho de 2018, publicado no Diário Oficial no dia 10 de julho de 2018.
 
A tabela de vagas solicitadas pela FURB está publicada nesta página, bem com a Portaria e Edital que regem o processo seletivo.
 
Ainda não temos nenhuma sinalização de quantas vagas serão liberadas, para cada curso pelo MEC. 
 
As páginas para inscrição são http://fiesselecao.mec.gov.br/ e http://sisfiesportal.mec.gov.br/, nesta páginas estão disponíveis a legislação e dentro do prazo estará disponível o link para inscrição.
 
 
 

Etapas da inscrição até a contratação do financiamento do Fies

 
  • Acompanhe as datas estabelecidas pelo calendário do FIES.
  • Aguarde a divulgação do MEC da pré-lista com os selecionados. Caso seja pré-selecionado, você deverá concluir a inscrição no prazo estabelecido através do endereço eletrônico sisfiesportal.mec.gov.br.
  • As informações da sua inscrição no FIES, serão analisadas e validadas pela CPSA - Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento, situada na sala 106 do bloco A no Campus 1 da FURB. Fique atento ao prazo desta validação. Se houver perda de prazo, a inscrição é cancelada pelo MEC e a vaga é redistribuída para outro candidato da lista de espera. 

Importante: o prazo é estabelecido pelo MEC e o estudante deverá comparecer a CPSA - Comissão Permanente de Supervisão e Acompanhamento com os seguintes documentos: certificado de conclusão de ensino médio, cópia e original dos seus documentos de identificação (RG e CPF), além do comprovante da sua residência (conta de água, luz ou telefone). Para confirmação da renda familiar, o grupo familiar deverá apresentar, além dos seus documentos de identificação, também os 3 últimos comprovantes de renda dos integrantes do Grupo Familiar, bem como o Imposto de Renda completo dos integrantes que declaram. Caso o estudante seja menor de idade, os pais ou responsável pelo menor deverá estar presente para validação da inscrição junto a CPSA. Lembrando que a CPSA, poderá solicitar quaisquer outros documentos para confirmar ou não a inscrição do estudante.

  • Com a validação da CPSA, o estudante recebe a DRI – Documento de Regularização de Inscrição, onde ele e os seus fiadores (depende se haverá ou não fiador, pois o tipo de fiança é definida pelo sistema do MEC, considerando os dados apresentados na inscrição) deverão comparecer, também no prazo definido pelo MEC, ao agente financeiro (agência bancária da Caixa Econômica, conforme a sua escolha no ato da inscrição no SisFIES), para que o agente financeiro possa analisar a documentação e formalizar a contratação do financiamento do FIES. Se houver a perda do prazo na instituição bancária, a inscrição é cancelada e a vaga será distribuída para outros candidatos da lista de espera. 
  • Com o contrato assinado no agente financeiro, o estudante deverá retornar a CPSA, com uma cópia deste contrato, para que a DAF – Divisão de Administração Financeira, possa inserir no sistema, conforme percentual do financiamento.

Percentual de financiamento
Para o cálculo do percentual de financiamento das mensalidades, o sistema considera o comprometimento da renda familiar mensal bruta per capita e outros critérios estabelecidos pelo MEC, porém, a partir de 2018/2 o percentual mínimo de financiamento será de 50%. Na ocasião do aditamento, o estudante poderá optar pela redução do percentual de financiamento, não havendo a possibilidade de aumento.
As novas regras, e a legislação completa, estão nas páginas já mencionadas:
 
Quem pode se candidatar
Podem solicitar o financiamento do Fies os estudantes que participaram do ENEM – Exame Nacional do ensino médio a partir do ano de 2010, com nota mínima de 450 pontos e não ter zerado a nota da redação. Será necessário para validação da inscrição, comprovar renda familiar mensal bruta per capita de até 3 salários mínimos.  
 
Aditamento - é a renovação semestral do contrato de financiamento estudantil. A partir do semestre seguinte àquele em que é contratado o financiamento, o acadêmico fica obrigado a renovar (aditar) o contrato no início de cada semestre letivo, conforme prazo definido pelo MEC – Ministério da Educação.
 
Os aditamentos de renovação não tem prazo para iniciar.
 
Os acadêmicos que contrataram FIES até 2017/2 e que necessitarem de dilatação, suspensão, encerramento ou transferência de curso já podem solicitar este procedimento junto à página http://sisfiesportal.mec.gov.br/
 
Os acadêmicos que contrataram FIES a partir de 2018/1, precisam aguardar a liberação do sistema da Caixa Econômica para os procedimentos de aditamentos, transferência, suspensão e encerramento.
 
Dúvidas, utilize nossos canais: e-mail daf@furb.br e telefones: (47) 3321-0452, 3321-0314, 3321-0316 e 3321-0317.
 

» Contato

 


Painel