Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


27/03/2013 - Educação é tema de palestra gratuita com consultora da UNESCO

Uma revolução envolvendo os governos federais, estaduais e municipais, sustentada por um plano nacional integrado, com forte apoio financeiro e ações efetivas para valorizar a carreira de professor. É este, segundo Bernadete Angelina Gatti, o resumo da fórmula para que o sistema educacional brasileiro deixe de ser um sinônimo de atraso e impulsione o desenvolvimento social e econômico do país. Consultora da UNESCO e pesquisadora da Fundação Carlos Chagas, a professora aposentada da USP realiza palestra no Teatro Carlos Gomes, em Blumenau, na próxima terça-feira (2/4), às 18h.

 
Gatti estuda a formação de professores e a Educação no Brasil há mais de 20 anos, e atesta: a melhora no desempenho de alunos e professores foi mínima. “Os índices são muito insatisfatórios, estamos atrás de países muito menos desenvolvidos economicamente. Ainda se pratica a formação docente e a didática como há 100 anos atrás. A Educação tem sido uma preocupação cada vez maior da sociedade, mas soluções reais não apareceram”, afirma a pesquisadora, que considera mais dois pontos críticos: a formação inicial de professores e a valorização da carreira. “A formação é muito aligeirada, pouco exigente e com um currículo mal estruturado. O professor chega à sala de aula sem a preparação prática adequada, sem conhecer os estudantes que vai ensinar, e acaba repetindo práticas ineficazes”, analisa. Ações como o PIBID, que coloca alunos de licenciatura em um contato mais direto com as escolas, têm trazido mudanças significativas, segundo Gatti.
 
Quanto aos salários de professor e aos planos de carreira, que adotam como fator de progressão apenas o tempo de serviço ou mudança de função, a professora acredita serem os principais motivos para o desinteresse dos jovens pela profissão. Segundo o resumo executivo da pesquisa “Professores no Brasil: impasses e desafios”, coordenados pela pesquisadora a pedido da UNESCO, enquanto a oferta de cursos de licenciatura – graduação voltada à formação de professores – cresceram 65% entre 2001 e 2006, as matrículas tiveram ascensão mais tímida, de 37%.
 
 
A palestra com Bernadete Angelina Gatti é uma realização da Pró-Reitoria de Ensino de Graduação, Médio e Profissionalizante (Proen) e da Divisão de Gestão e Desenvolvimento de Pessoas (DGDP), em parceria com a Capes (programas PARFOR e PIBID) e as secretarias Municipal e Estadual de Educação.
 
Informações pelos telefones (47) 3321-0462, (47) 3321-0619, ou pelo e-mail
formacao@furb.br
Publicação: 27/03/2013 - Coordenadoria de Comunicação e Marketing | Texto: Leo Laps | Foto(s): Divulgação

Março/2013 (alterar)

31/03/2013 28/03/2013 27/03/2013 26/03/2013 25/03/2013 22/03/2013 21/03/2013 20/03/2013 19/03/2013 18/03/2013 15/03/2013 14/03/2013 13/03/2013 12/03/2013 11/03/2013 08/03/2013 07/03/2013 06/03/2013 05/03/2013 04/03/2013 01/03/2013


Painel