Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


20/05/2019 - Ateliê Vertical realiza mudanças nos espaços da universidade


Almofadas e cores em assentos descolados onde antes havia apenas um e outro banco cinza de cimento. Mesa de pingue-pingue em um corredor praticamente vazio. Horta comunitária em local antes desocupado. Ambiente de convivência para sala subutilizada. E muita arte. Assim foram se transformando os campi da FURB depois das intervenções dos alunos do Curso de Arquitetura e Urbanismo, durante a semana passada
 
 
Todas estas mudanças são frutos das ações do projeto Ateliê Vertical. Anualmente, no mês de maio, alunos e professores se propõem a mudar espaços, em diálogo com entidades comunitárias. Neste ano, o grupo decidiu focar na própria universidade. Dos dias 13 a 17, dezenas de universitários se dividiram em três turnos e colocaram a mão na massa, em pincéis, na terra, em madeiras e plantas.
 
Rafaela Vieira, professora do curso de Arquitetura, explica que a ideia era transformar espaços para que a comunidade acadêmica e também a externa pudesse usufruir melhor dos ambientes universitários. Criamos espaços para que as pessoas possam ter uma melhor qualidade de vida”, afirmou.
 
Alunos de todas as fases do curso de Arquitetura se envolveram. Nathália Dias, do primeiro semestre, gostou da atividade: “isso é tudo novo para mim. Não sabia que o curso fazia isso. É uma experiência diferente”. Flávia Bankhardt é aluna da nona fase e esta é a última vez que participa do Ateliê como estudante. Para ela, a colaboração dos diversos setores da universidade é fundamental para que o trabalho alcance o resultado esperado. “A parceria com a DAC e marcenaria foi muito importante. Temos uma estrutura muito legal na FURB. E com a união dos esforços de todos conseguimos nos organizar. Tudo aconteceu a partir do esforço coletivo”, avaliou.
 
O conjunto da obra foi apresentado na sexta-feira, 17 de maio, pela manhã. O primeiro lugar a ser visitado pela reitora Marcia Sardá Espindola foi o campus 2, onde um grupo de 24 alunos se envolveu na implantação de um espaço de convivência. “É um sonho realizado. O campus 2 tem um volume alto de alunos que não tinha lugar adequado para descansar entre as aulas”, comemorou o diretor do Centro de Ciências Tecnológicas (CCT), Fábio Luiz Perez.
 
Para a reitora Marcia Sardá, espaços como o inaugurado fortalecem ainda mais a relação da FURB com seus alunos. “Nós acreditamos que uma universidade não se faz só com espaços pedagógicos, mas espaços como este, de troca, de vivência entre alunos”, assinalou.
 
Após a visita ao novo espaço do campus 2, a reitora foi até o galpão de Arquitetura para acompanhar a apresentação oficial de todos trabalhos. A FURB TV acompanhou o trabalho feito pelos alunos durante toda a semana. Veja na reportagem abaixo, como eram os espaços e como eles ficaram após as intervenções dos alunos do curso de Arquitetura e Urbanismo da FURB.
 
Publicação: 20/05/2019 - 10h26 - Central Multimídia de Conteúdo/Jornalismo | Foto(s): FURBTV


Painel