Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


23/05/2019 - Fazenda Escola em Timbó expande sala de aula da Veterinária


Um lugar onde o aluno tem a oportunidade de praticar tudo o que aprende em sala de aula. Este é o objetivo da Fazenda Escola, que funciona distante dos campi da FURB de Blumenau, na Fundação Piscicultura Integrada Vale do Itajaí (Funpivi), no município de Timbó, distante 38 quilômetros do campus I. Ali acontecem as práticas do curso de Medicina Veterinária da FURB, em um espaço com 16 hectares, 33 lagoas, galpões e diversos animais.
 
Os universitários começaram a usar o espaço em Timbó como Fazenda Escola em 2016, mas a Funpivi existe desde o início da década de 1990. Segundo a professora da disciplina de Saúde Pública do curso de Veterinária, Thais Szabo, “durante todos esses anos nós tivemos aulas ali, mas a partir de 2016 começamos a trabalhar essa estrutura como efetivamente fazenda escola, aproveitando toda a estrutura e a possibilidade de criação desses animais”. 
 
Segundo Mauri Chiste, funcionário da Funpivi há 29 anos, entre os animais que vivem na fazenda escola são encontrados 17 ovinos, 1 equino, 5 aves, 10 suínos e mais de 10 caprinos, além de peixes e um cahorro. Os estudantes têm a oportunidade, em 15 diferentes disciplinas do curso de Medicina Veterinária da FURB, de sair do meio urbano e colocar em prática os conteúdos teóricos, desenvolvendo as habilidades no manejo dos animais.
Para a professora Thais Szabo o ambiente rural é de extrema importância porque “muito dos nossos alunos não tem esse contato com equinos, bovinos, suínos”. Na Funpivi é possível realizar aulas das disciplinas de Zootecnia, Clínica Médica de grandes animais, Clínica Cirúrgica, Semiologia, Parasitologia e outras mais. Os docentes trabalham em conjunto e utilizar a estrutura de forma integrada. 
 
Karolini Cardoso, aluna da 9ª fase, conta que lidar com os animais não é tão fácil quanto parece, mas que “ao longo do curso ficamos mais confiantes na gente e nos animais e com a FUNPIVI temos mais contato e convívio, então aprendemos a lidar”. Para Juliana Strappazzon, também da 9ª fase, “é muito importante a gente ter a didática do dia a dia para ter contato com os animais e poder botar em prática aquilo que aprendemos, até porque, na faculdade, temos muitos conteúdos teóricos e a prática também é importante”. 

 

A FURB TV visitou o espaço durante uma das aulas. Veja como foi.
Publicação: 23/05/2019 - 20h54 - Central Multimídia de Conteúdo/Jornalismo | Foto(s): CMC/FURB TV


Painel