Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


21/11/2019 - Engenharia Civil faz homenagens a ex-professores do curso


O Centro de Ciências Tecnológicas (CCT) da FURB rendeu homenagens a três ex-professores ligados ao curso de Engenharia Civil. Foram homenageados o professor mais velho dentre os aposentados do CCT, Albeni Sponholz e o professor a mais tempo aposentado, desde 1995, Orlando Gomes. E também, em memória, o professor Dalvino Francisco Salvador, que faleceu pouco tempo depois de se aposentar. A pedido dos estudantes do curso, o nome do professor Salvador foi dado ao laboratório de topografia. A solenidade reuniu estudantes e professores do curso no auditório do campus 2, na noite de 19 de novembro.
 
O professor Albeni nasceu em 1934 e lecionou na FURB as disciplinas de materiais da construção civil de 1976 até 2000. “Sinto-me honrado e feliz, sempre prestigiei muito o nome da FURB e gosto de ver que o pessoal está cada vez mais empolgado com esta escola” disse.
 
O professor Orlando Gomes iniciou os trabalhos na FURB em 1965, na implantação do curso, onde lecionou até 1995 as disciplinas de estatística e estabilidade das construções. “Minha vida profissional iniciou junto com a FURB. Fiz parte da primeira banca de vestibular da FURB e depois, por cinco anos, fomos montando o curso, com a ajuda de muitos colegas, fizemos essa maravilha que é a escola de engenharia e que hoje presta um grande serviço a Blumenau”, destacou o homenageado.
 
O professor Dalvino Francisco Salvador lecionou na Universidade de 1992 até 2015, nas disciplinas de topografia e conteúdos relacionados. Em seu nome, estiveram presentes à homenagem a esposa Jussara Salvador e o filho mais jovem, Gabriel Garcia Salvador, estudante de Ciências da Computação na FURB. 
 
Laboratórios revitalizados
 
As homenagens aos ex-professores marcaram também a inauguração da revitalização feita pela Universidade em seis laboratórios do curso de Engenharia Civil.  As obras de revitalização iniciaram em janeiro deste ano. Foram trocados o forro, telhado, pintura do piso, entre outras intervenções. Nos laboratórios de pavimentação e de geologia, houve a pintura; no laboratório de materiais, uma revitalização geral; no laboratório de geotecnia e estrutura, foi recuperado o pórtico, que permite fazer testes com elementos de grandes dimensões; já no laboratório de hidráulica, houve a recuperação de equipamentos. Além disso, a antiga secretaria do curso se transformou em um novo laboratório, que vai servir para inúmeras disciplinas ao decorrer do curso.  
 
“Isso dá condições mais adequadas aos alunos nas atividades práticas realizadas nos laboratórios e contribui com diversas disciplinas, desde a área de materiais, no início do curso, até de patologias. Várias disciplinas serão beneficiadas”, comentou Abrahão Bernardo Rohden, chefe do Departamento de Engenharia Civil.
 
Publicação: 21/11/2019 - 15h23 - Central Multimídia de Conteúdo/Jornalismo | Foto(s): CMC


Painel