Facebook Twitter Imprimir

ARQUIVO DE NOTÍCIAS


01/03/2013 - Programa Rede de Escolas Criativas concorre a prêmio da Capes

Será que os métodos tradicionais de ensino nas escolas ainda estão dando resultado? E os alunos, será que estão compreendendo e se motivando para aprender? Estas são algumas perguntas que preocupam pais e professores. Em reflexo a isto, crescem no mundo todo alternativas como o programa Rede de Escolas Criativas, que tem como objetivo inovar o processo de aprendizagem com aulas diversificadas, que contribuem para uma melhor absorção do conteúdo passado em sala de aula e aumentam a concentração dos estudantes.

 
O projeto chegou à Universidade Regional de Blumenau (FURB) em julho de 2012, através do seu idealizador – o professor da Universidade de Barcelona, Saturnino De La Torre – apenas um mês após o mesmo ser criado na instituição espanhola. Para alavancar a ideia, o projeto na FURB está sendo inscrito no Programa Novos Talentos da Coordenação de Aperfeiçoamento de Pessoal de Nível Superior (Capes), que prevê um repasse de R$ 120 mil caso a proposta seja aprovada.
 
Paralelo à sustentabilidade
A Escola Criativa pretende formar e auxiliar profissionais da educação, no Ensino Fundamental, Médio e Superior, em busca de métodos educativos que contemplem os avanços das ciências e das tecnologias e as demandas pessoais, sociais e ambientais. No projeto serão promovidos encontros de formação de docentes e disseminação de experiências de escolas criativas de nossa região, com o objetivo de ampliar as ações de práticas educativas inovadoras.
 
O foco principal será norteado pelos princípios de ecoformação e sustentabilidade, interdisciplinamente, visando incluir uma prática pedagógica que esteja atenta à qualidade de vida e as relações com o meio ambiente, comprometidas com as questões relacionadas às necessidades das comunidades que cercam as escolas.
 
“A transformação da prática educativa em convergência com as necessidades de sustentabilidade e o estímulo a relações de convivência solidárias tendem a ser aspectos fundamentais dos debates das políticas públicas de qualquer sistema ou instituição educativa preocupada em qualificar a vida no planeta”, evidenciou a professora e coordenadora do projeto, Vera Lúcia de Souza e Silva.
Publicação: 01/03/2013 - Coordenadoria de Comunicação e Marketing | Texto: Fagner da Rosa (Estagiário) | Foto(s): Divulgação

Março/2013 (alterar)

31/03/2013 28/03/2013 27/03/2013 26/03/2013 25/03/2013 22/03/2013 21/03/2013 20/03/2013 19/03/2013 18/03/2013 15/03/2013 14/03/2013 13/03/2013 12/03/2013 11/03/2013 08/03/2013 07/03/2013 06/03/2013 05/03/2013 04/03/2013 01/03/2013


Painel